30 de abr de 2010

Sentir sua Falta





Nunca olhe para trás.
Como eu ia saber que sentiria tanto sua falta?
Solidão adiante, Vazia atrás, Para onde eu vou?
E você não prestou atenção em
Toda a minha alegria em meio às minhas lágrimas, Todas as minhas esperanças em meio aos meus medos.
Você sabia que ainda sinto sua falta de alguma maneira?
Do fundo do meu coração partido,
Do primeiro beijo à última rosa,
Ainda que o tempo talvez me forneça um novo alguém, Você foi de quem eu gostei de verdade.
Nós poderíamos ter resolvido as coisas...
Tempo, é disso que se trata o amor!
E estou de volta onde eu comecei, novamente...
Você prometeu a si mesmo
Mas para alguma outra pessoa...
E você deixou isso tão perfeitamente claro,
Ainda assim eu queria que você estivesse aqui...
Nunca olhe para trás, nós dissemos,
Como eu ia saber que sentiria tanto sua falta?

No momento do prazer




O seu beijo faz o meu corpo estremecer
O teu corpo faz eu mexer
Mexer de tesão,
Mexer de paixão.
O teu beijo faz eu delirar,
O teu abraço me faz arrepiar,
Os pêlos do teu corpo me faz sentir poderosa.Com o teu sussurro no meu ouvido eu me sinto gostosa.
Os meus ouvidos ouvem o delírio
E ai vem a sensação do mistério
O mistério do prazer.
Um prazer que me excita e me diz:
Que com você eu posso gozar e ser feliz.
No momento do prazer,eu sei o quanto amo você.

Maisa saraiva

Qualquer dia desse





Qualquer dia desse
Eu te esqueço de vez
E procuro um novo amor
E se você me procurar
Eu juro que finjo e não te encontro mais.
Qualquer dia desse
Eu saio a procura do amor que nunca vivi
E juro que serei feliz.
Porque só assim eu terei a certeza
Que encontrarei o verdadeiro sentido da vida.
Porque qualquer dia desse eu viverei em paz.
E tenho a certeza que os dias serão muito melhores do que quando eu vivi com você.
Qualquer dia desse
Eu passo a ser uma nova mulher!

Lembranças



Lembro de quando nos conhecemos
Foi tudo bonito,
Foi tudo novo,
Tudo especial.
Cada momento era único
Era verdadeiro.
Quando estavamos juntos o tempo passava ligeiro.
Lembro,quando nos encontravamos
E nos amavamos...
Tudo era combinado
Nossos momentos pareciam que não iria ter fim.
Hoje,lembro do tempo
Que passei com você
E do nosso amor assim.
Terminado!!!!!

15 de abr de 2010

Me diz o que fazer



Me diz o que fazer para controlar esse amor.Um amor bonito,sincero, sedutor ,mas ao mesmo tempo sofredor...
Me diz o que fazer quando te procuro e não te encontro e vivo sempre em busca de um reencontro...
Me diz como agir,pra que eu não me arrependa de te querer...
Me diz o que fazer quando digo que não quero mais te ver,sinto as vezes vontade de morrer...
Me diz o que fazer,quando imagino ficar sem você, sinceramente não não dar pra sentir o sabor e viver...
Me diz o que fazer se nos momentos de saudade,quando eu resolver te querer,te beijar eu não te encontrar...
Finalmente,me diz o que fazer para eu te amar sem sofrer.


Maisa saraiva

Eu sei o que é amar


Quando você chega o meu coração transborda de felicidade.
As vezes,a saudade faz com que eu sofra,mas mesmo assim tudo fica leve, o perfume das rosas se espalham pela casa e purificam a minha vida.
Quando você chega tudo se transforma!Parece um arco-íris iluminando o céu em meu coração.
Quando você chega,eu realizo todos os meus desejos e esqueço que tudo que te ofereço é o meu perdão.
Quando você chega,eu descubro o meu corpo todo arrepiado a espera do seu toque,do seu abraço,do seu beijo e da sua maneira de falar.
Por isso,quando você chega,eu sei o que é amar!


Maisa Saraiva

Dúvida


Deus,tira do meu coração essa angustia,
Esse medo de acontecer algo inesperado.
Tira do meu peito essa tristeza,essa incerteza...
Tira de dentro de mim essa solidão.


De que adianta eu estar no meio das pessaos e continuar sozinha?

Deus,tira do meu peito a saudade...
Me dá a certeza de que o amanhã poderá ser bem melhor que o hoje, e que quando esta tempestade tiver passado,que tudo tiver sido esclarecido,eu possa ter a certeza de que um dia ele voltará a ser meu .

Me dá Deus, a certeza de um reencontro e que novamente seremos felizes.
Por isso Deus, me dá a certeza de que um dia ficaremos juntos!

Sozinha

Pensei que nunca fosse me descobrir.
Sentir-me forte,cheia de vida,
Tanto amor e ao mesmo tempo tanta falta de esperança.


Você conseguiu rasgar todas as possibilidades
Que existia para sermos felizes.
Mas, me fez acreditar que tudo que foi dito era pra me amar.


Hoje,voltei a mim
E percebi que pra ser feliz
Não presciso da sua companhia,do seu amor e da sua piedade...


Descobrir ,que posso viver sem você
E acreditar que conseguirei seguir em frente sozinha,
Pois tenho certeza que vivo melhor com a minha liberdade...
Sendo assim,o sozinha fica só na palavra.

A procura do teu abraço


O que seria de mim sem o teu beijo?
Sem o teu sorriso,sem o teu olhar

O que seria de mim se um dia eu te procurasse
E não te encontrasse?

O que seria de mim?
Se um dia na escuridão da noite
Eu te procurasse e você não me iluminasse com o seu olhar.

Me diz, o que seria de mim se eu não te amasse tanto assim.
Finalmente, me diz o que faço para eu não enlouquecer a procura do teu abraço.

Eu vejo Deus


Eu vejo Deus nas coisas mais simples da vida.
Em cada olhar de uma criança,em cada esquina de uma cidade.
Eu vejo Deus,no canto dos pássaros,no perfume das flores,em cada borboleta voando,em cada beija-flor,no sorriso de alguém distante.
No choro de alegria e na esperança de dias melhores.
Em cada folha de uma árvore que cai,
Em cada pessoa que adoeçe e tem a cura alcançada.
Na medicina e em cada descoberta da ciência.

Eu vejo Deus em cada gesto de carinho,
No amor ao próximo.
No toque das mãos...
Eu vejo Deus nas estrelas iluminado a noite no céu azulado ou nublado,
No imenso mar,no encontro das ondas quando vem e vão.
Eu vejo Deus nos animais pulando e andando de um lado para outro.
No sol iluminado o nosso lindo dia,no calor.
Na chuva que cai refrescando a todos,no frio.
Eu vejo Deus na amizade sincera das pessoas, no abraço,na música que soa leve nos meu ouvido.
Eu vejo Deus em cada amanhecer, nos momentos de prazer.
Eu vejo Deus no perdão.
Eu vejo Deus no perdão e no amor que sinto por você.


Maisa Saraiva

Liguei porque te amo


Liguei porque senti vontade de falar o quanto te adoro.

Só liguei porque no momento senti o quanto te quero.

Resolvi dizer que a sua ausência me chateia

Longe,descobrir quanto a vida sem sentido,

Sem espaço,distante



Longe,rompi o meu silêncio e resolvi dizer o aunato te amo.

Percebi, que enquanto eu fico calma

Resolvi te ligar,

Porque só a sua voz me traz aquela paz.

Maisa Saraiva

Saudades


Hoje,sinto saudades do tempo
Em que eu fui criança
E os meus pais me colocavam pra dormir.

Sinto saudades daquela casinha
Simples e humilde que morei
E aonde eu fui verdadeiramente feliz.

Hoje, sinto saudades da minha infância
Onde não existia maldade,desilusão
E onde tudo era especial e real.

Hoje,sinto saudades das brincadeiras inocente
E dos dias que passei com vocês meus pais.

Hoje,lembro de tudo com emoção
E tenho a certeza que esse tempo
Não volta mais
E que agora,só restou saudades.
Saudades de ti,meus pais.


Maisa Saraiva

Só Hoje


Hoje presciso de você.
Necessito da tua presença para me ajudar,
Necessito do teu colo, do teu sorriso para me alegrar.

Hoje necessito daquele abraço para me esquentar,
Prescio ter a certeza que você ainda está do meu lado.
Hoje presciso de você para me amar.

Hoje presciso do teu beijo,
Para eu poder sentir o calor do teu corpo no meu.

Hoje necessito da tua compreensão ,
Só você pode me dar tudo que presciso.
Só você,faz eu senti o doce mistério.
Só você me diz
Que hoje vai me fazer feliz.


Maisa Saraiva

11 de abr de 2010

Ciúmes



O sentimento invade o meu corpo,
È maior que tudo.
Sinto o corpo arrepiar
Só de imaginar que voce poderia estar com outra.

Sinto ciúmes dos teus beijos,
Do teu abraço.
E só de pensar não sei o que faço.

Ciúmes de de um carinho gostoso
E da sensação de estarmos unidos
Num só corpo e numa só alma.

Cíumes dos dias frios
Em que você não estar comigo.
De quando a chuva cai e você não vem esquentar o meu corpo.
O que faço?
Se o ciúme invade a minha vida
E domina o meu ser?
O ciúme é incontrolável,
E a dor é insurpotável.


Maisa Saraiva